Gestão de TI: por onde começar

Tenho visto diversos artigos dedicados às absurdas exigências para vagas de tecnologia. Exige-se demais e paga-se pouco. Este tem sido o assunto do momento nos canais de discussão para profissionais de TI e chega a ser preocupante.

tecnologia-consultoria

Comentei um artigo no Profissionais TI (PTI), que tratava exatamente esta questão. Inclusive o autor citou algo interessante sobre meritocracia para justificar um estagiário com salário de R$ 4 mil. Nada contra pagar este valor para um estagiário, principalmente se ele é competente e agrega valores à empresa, mas não faz sentido manter este profissional sendo estagiário. Faça a promoção! Então este ponto ficou furado, na minha opinião.

Conhecendo “ontem” para compreender “hoje”

Para que possamos compreender nossa atual situação é necessário conhecer a história. Neste caso não precisamos retroceder tanto assim, mas compreender um período importante para os profissionais de TI que foi o nascimento desta categoria. Não muito longe, surgiram pessoas importantíssimas como Steve Jobs e Bill Gates. Estes caras, junto com seus amigos, foram responsáveis por uma verdadeira revolução, popularizando a tecnologia e permitindo que computadores pudessem chegar às mãos de pessoas além dos laboratórios das universidades e grandes empresas. Surgiram os computadores pessoais ou mais conhecidos como PC (Personal Computer).

A cada ano que passava, mais pessoas tinham acesso aos computadores de uso doméstico e criou-se uma nova perspectiva na sociedade. O que fazer com um computador? Nasce, então, o mito da “profissão do futuro”, que seria a mais bem paga do planeta. Surge nosso primeiro grande erro: confundir “dominar a informática” com “profissionais da informática”.

Revistas semanais eram publicadas com trechos de códigos de programas como se fossem receitas de bolos. Nas bancas e livrarias, um público ansiando por ser este profissional do futuro e ganhar muito dinheiro, deixaram suas formações originais (administradores de empresas, advogados, contadores, farmacêuticos, médicos, etc…) para encontrar seu espaço como programadores autônomos. Estes programadores encontraram, por sua vez, empresas e comércios querendo fazer uso de sistemas para automatizar seus negócios. Isto acabou gerando um ciclo vicioso, caro e traumático para quem desejasse implementar um sistema de computador.

Uma leva enorme de pseudo-profissionais estava no mercado sem conseguir garantir a qualidade do produto que criavam. Problemas surgiam sem soluções imediatas. Com isto, empresas passaram a investir cada vez mais em profissionais de tecnologia e rotular esta área como a mais cara do mercado. Mas era cara porque investia-se muito em retrabalhos, correções, novas soluções… Empresários e comerciantes ficaram reféns dos maus profissionais de TI.

Amadurecimento da TI

A tecnologia passou por diversas transformações. Cursos, carreiras, novos direcionamentos surgiram e passou-se a ter mais organização. Surgiram novos segmentos para formar diferentes especialistas na área de TI. Infinidades de normatizações e documentações surgiram para dar respaldo ao contratante e ao contratado. Verdadeiros mediadores surgiram e ser um profissional de TI passou a ser algo tão burocrático que projetos passaram a custar ainda mais com a justificativa de serem mais assertivos. A área de TI passou a contar com mais especialidades, surgiram organizações regulamentadoras para projetos, metodologias e, no final deste complexo ecossistema, lá estão os programadores.

Na minha opinião pecamos pelo excesso de cuidados devido aos traumas de um crescimento desordenado da área de TI, mas estamos conseguindo chegar, aos poucos, em um meio termo bem razoável. A área de TI hoje é dividida basicamente em infraestrutura e programação. Dentro destes dois grandes grupos temos os especialistas e generalistas que interagem com as áreas de negócios que utilizam os sistemas.

As faculdades passaram a preparar melhor o profissional e hoje enxergamos a preocupação de algumas instituições de ensino em filosofar menos sobre teorias e preparar mais o profissional para as necessidades reais do mercado.

Um novo horizonte

Agora discutimos algo mais importante e que, na minha opinião, é fundamental para o sucesso da TI nas próximas décadas. Inserir o aluno do Ensino Fundamental no aprendizado de lógica da programação. Pode soar um exagero para muitos, mas a lógica de programação nada mais é do que estimular o cérebro humano a trabalhar rapidamente com tomada de decisões, uma vez que ensinamos um equipamento burro a “resolver problemas”. Isto traz grandes benefícios não somente para os futuros profissionais de TI, mas para qualquer ser humano, independente da profissão que venha a escolher. É comprovado que profissionais de TI possuem um raciocínio mais rápido do que a média e tomam decisões complexas com mais facilidade e menos riscos de erros.

Outro ponto importante é que a tendência seja que qualquer pessoa esteja apta a programar, assim como aprender outro idioma. Já vem acontecendo com profissionais que utilizam planilhas de cálculos avançadas, criando verdadeiros sistemas programando macros. É uma linguagem como qualquer outra.

Chegando ao recomeço

Agora que você conhece um pouco da história e das tendências em tecnologia, vamos tratar do grande problema mencionado no começo deste artigo: as exigências absurdas por uma remuneração medíocre.

Empresas com um qualificado gestor de TI e que realmente conhece TI, não cometerão a gafe de abrir vagas exigindo tantas tecnologias diferentes pagando tão pouco. Muitas vezes a empresa precisa apenas de um profissional recém formado e com domínio de uma linguagem de programação específica. Este profissional não custará alto para a empresa e o mesmo trabalhará satisfeito porque o investimento que ele gastou para isto foi mínimo. Por outro lado, a empresa pode precisar de um profissional mais experiente em uma determinada ferramenta e terá que desembolsar um pouco mais para pagar o que é justo.

Mas somente um bom gestor de TI é capaz de identificar as lacunas existentes e preenche-las corretamente com os profissionais adequados. Caso contrário, acontecerá o que muitos vêm apontando que são as vagas exigindo tantos conhecimentos em graus de experiência tão elevados que o profissional, para atender estas exigências, deveria ter 20 anos de carreira em TI. No entanto, a vaga remunera como se fosse um recém formado. Por quê isto vem acontecendo?

Simples. Porque estas empresas não sabem contratar. Porque estas empresas não têm um profissional que realmente entenda as tecnologias aplicadas na empresa e, consequentemente, para não errar na contratação, saem pedindo toda a sopa de letrinhas que encontram no vasto mercado de TI. O resultado são péssimas contratações, profissionais insatisfeitos,  produção baixa e alto turn-over. Então, por onde começar?

Começar pelo alicerce. Toda empresa precisa ter alguém que tenha a capacidade de identificar as reais necessidades tecnológicas da empresa e contratar as pessoas que atendam especificamente estes requisitos técnicos. Caso a empresa não tenha estrutura para manter um gestor de TI competente, então que busque um gestor de TI para fazer esta consultoria e montar uma equipe adequada. A consultoria certamente trará um excelente custo-benefício e, com o passar do tempo, a vaga de gestor de TI será necessária para que a empresa, cada vez mais dependente da TI, esteja preparada para atender e competir no mercado em que atua.

Tem sido gratificante, por onde passo, aplicar estes conhecimentos e ver, no decorrer de 1 ano, o alto rendimento da empresa no segmento em que atua. A tecnologia bem aplicada é um fator determinante para oferecer um serviço ou produto diferenciado, seja qual for o segmento.

Anúncios

7 Respostas para “Gestão de TI: por onde começar

  1. Pingback: Gestão de TI: por onde começar | Profissionais TI·

  2. Artigo muito bom.
    Gostei muito de poder entender um pouco sobre a desproporção de salários nas empresas e também de como é um bom Gestor de TI.

    Não sei se é o local apropriado para uma pergunta, mas…
    Andrey, o que você acha que é mais importante para se tornar um Gestor de TI ? Quais os princípios que o profissional deve tomar ?

    Aguardo Resposta, Muito Obrigado

    • Obrigado Michel!
      Aqui é o local perfeito para esclarecermos estas questões. Vamos lá…

      Um bom Gestor de TI precisa ter vivenciado e ter senioridade nas funções que estarão sob sua responsabilidade. Eu sou muito exigente e criterioso, então muitos poderão discordar do que penso e pratico. Mas o importante são os resultados que venho obtendo.

      O Gestor de TI precisa conhecer muito bem uma ou mais plataformas de desenvolvimento para que tenha embasamento técnico no momento de escolher o caminho que uma empresa deva seguir. Também é essencial para que possa formar equipes e administrá-las sem depender de outras pessoas ou consultorias. Ações precisam ser identificadas e tomadas rapidamente.

      Gestor de TI também precisa conhecer todas as tendências de mercado, portanto precisa ser uma pessoa absolutamente atualizada e atenta ao mundo de tecnologia pois, muitas vezes, a solução ideal para sua empresa surge no mercado e pode estar ao seu alcance.

      Também é muito importante dominar as características de infraestrutura e nuvem. Não profundamente como um técnico, mas para ter autonomia para encontrar os caminhos que atendam as necessidades da empresa. Determinando as condições ideais, você aciona um especialista.

      Grande habilidade em lidar com pessoas e identificar pontos a serem melhorados. Isto vai contribuir muito e fazer com que o gestor atue rapidamente em treinamento das equipes e até mesmo identifique necessidades de substituições ou aumentar a equipe.

      Todo conhecimento do gestor que puder incrementar o poder competitivo da empresa no mercado é importante, inclusive telefonia.

      Outra coisa muito importante é estar sempre estudando. Faça a graduação, pós-graduação, torne-se Mestre, faça o Doutorado… Para ser um Gestor respeitado no mercado e se destacar é sempre importante ter um bom currículo acadêmico. No meu caso pretendo deixar a consultoria dentro de alguns anos e me dedicar às salas de aula, passando tudo o que aprendi para quem está começando.

      Espero ter esclarecido suas dúvidas e qualquer coisa que precisar, entre em contato comigo aqui mesmo ou por e-mail.

  3. Muito obrigado, Andrey.

    É realmente vejo que para se alcançar o “Status” de gestor de TI é um pouco suado. Espero com estas informações e com muita dedicação alcançar este nível.

    Estou fazendo Bacharelado em Sistemas de Informação, sou técnico em informática pelo SECITEC-MT e pretendo terminar sistemas e fazer um mestrado na área de gestão.
    Ainda estou em duvida entre qual mestrado: Gestão de infra e TI ou Gestão de TI.

    Acredito que optarei pela primeira opção. O que você acha a respeito ?

    A… Gostaria de saber também, se me aconselha, trabalhar na área já, ou, estudar e montar projetos é melhor para eu, pois pretendo sair da graduação e fazer o mestrado logo em seguida.

    Obrigado desde já.

    • Michel, ser Gestor de TI não diria que é um “status” mas uma condição que o profissional adquire com a experiência. Então, vou te responder baseado nesta afirmação: não se iluda com cursos de Gestão em TI. Ter um diploma não significa que você vive e tenha a experiência necessária para ser um gestor de sucesso. Tenho alunos que fizeram pós em gestão de TI e reclamam que não conseguem se firmar na posição. Digo à você o que digo a eles: não será apenas a sua formação que o tornará um gestor de TI. Precisa ter a experiência e a vivência da carreira e só assim você compreenderá as dificuldades e conhecerá os melhores caminhos a serem seguidos. Você está galgando seu primeiro degrau em tecnologia e mira ser um Gestor de TI, então se permita adquirir cada experiência necessária. Seja um analista de sistemas, seja um bom programador, depois seja um coordenador de projetos, atue com planejamento em metodologias como Scrum, por exemplo… Seja um bom líder de projetos, esteja por dentro do que a infraestrutura atual exige e depois reúna todas estas experiências para buscar a posição de Gestor em TI. Esta é uma carreira que usar atalhos leva à frustração. Os melhores gestores não são os recém formados…

  4. Nossa…
    Muito obrigado mesmo Andey, palavras perfeitas junto com sua experiência que me permite ter uma base de como atingir meu objetivo, meu sonho.

    Só um comentário sobre a ultima parte da sua resposta,
    Acredito que realmente pegar atalhos podem nos prejudicar e sim levar a frustração, mas também creio que dedicados conseguiremos exercer nossa função, com certa dificuldade com certeza, mas a vida é cheia de desafios e somente temos que estar preparados para eles.
    Realmente a questão da experiência se torna essencial, deste modo, irei atrás destas experiências para atingir o meu sonho, não com atalhos, mas com conhecimentos de uma graduação, conhecimentos do meu futuro Mestrado e experiência adquirida ao longo desta trajetória. Sempre buscarei mais de mim mesmo, buscando sempre crescer em determinada organização, sempre focado no meu objetivo/sonho.

    • Michel, a respeito do que você escreveu: “… mas também creio que dedicados conseguiremos exercer nossa função, com certa dificuldade com certeza…”

      Gostaria que refletisse sobre isto. Quando um Gestor de TI, por mais dedicado que seja, se passar por dificuldades é porque não está pronto ainda. Imagine quantas pessoas na empresa terão problemas com o despreparo de um gestor de TI… Imagine o tempo perdido e os prejuízos que podem amargar… Temos uma grande responsabilidade e uma falha nossa compromete muitas pessoas… Pense nisso e caminhe um passo de cada vez. Boa sorte na sua carreira e sucesso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s