Microsoft aparando as arestas

Sensacionalismo nunca foi o meu forte, mas admito que vivencio, nos últimos 3 anos, a execução impecável (mas arriscada) de uma estratégia de mercado. A Microsoft sempre deteve o domínio quando o assunto é sistema operacional doméstico. Até mesmo para ir de encontro com a proposta de Bill Gates que sempre norteou a empresa, onde a meta era ter o Windows em cada computador pessoal do planeta. Este plano foi praticamente concluído, não importando o preço a se pagar por ele. Windows licenciado ou pirateado, não importava, desde que a pessoa usasse Windows. Mas desde que a Microsoft resolveu retomar suas pretensões no mercado mobile, juntamente com a Nokia, toda minha atenção se voltou para este nicho. Algo realmente grande estava por vir.

shared-windows-core

Mais uma tentativa frustrada

Pelo menos era assim que a concorrência enxergava a nova investida da gigante de Redmond que falhou na primeira tentativa de emplacar o Windows Phone. Desta vez, endossados pelos brilhantes dispositivos Nokia, o produto ficou encorpado e ganhou um requinte herdado da parceira finlandesa. O marketing também encontrou espaço na mídia e perceberam que o grande apelo estava em levar os smartphones para as camadas que ainda insistiam em usar os features phones.

Windows Phone Mango começava a abrir caminho para um novo conceito de interface que teria seu arremate com a chegada do Windows 8, utilizando praticamente a mesma interface com Live Tiles. Arriscaram como nenhuma outra teve coragem de fazer, afinal, tudo que muda radicalmente corre o risco de não ser aceito pelo mercado. Apple inovou com os ícones em seus incríveis iPhones. Google apenas levou isso para uma popularização com o Android, abraçando uma enorme camada de usuários carentes de tecnologia e que não interessavam para a Apple.

Enquanto Nokia e Microsoft mostravam ter aprendido a lição em não inovar, seus concorrentes, acomodados sobre os belíssimos balancetes trimestrais, caíram no mesmo erro que exploraram para leva-los à glória. Apple se perdeu sem Jobs e deixou de arrancar suspiros dos seus fiéis usuários. Google esfregava doce na boca de crianças que experimentavam pela primeira vez a sensação de ter um smartphone em mãos, portanto, não se preocupavam com a qualidade do produto oferecido. A família Lumia cresceu exponencialmente e hoje abrange todas as camadas de consumidores, oferecendo, inclusive, Dual Chip e TV Digital com Windows Phone 8 a um custo acessível. O dispositivo mais barato pode ser encontrado por 345 reais e oferece um performance igual aos irmãos mais poderosos. Tudo isso graças ao casamento de hardware e sistema operacional enxuto e bem projetados.

Uma plataforma comercial

Uma força de vendas com mais de 200 consultores precisa ser munida de dispositivos, software e uma gestão eficiente. Quanto isso vai custar?

Começando pelos dispositivos, vai colocar iPhones nas mãos dos consultores? Quanto isso vai custar?

Desenvolvedores para iOS, bons mas pouco acessíveis. Quanto custa a hora de um profissional capacitado?

Para se pensar em Android, não há a menor chance de se trabalhar com os dispositivos mais baratos porque não têm hardware suficiente para garantir a operação. Esquentam, travam, sucumbem sem bateria antes mesmo do almoço.

Windows Phone consegue oferecer uma excelente experiência para business com dispositivos eficientes, baratos, completos e mão de obra para desenvolvimento de aplicativos abundante no mercado, afinal, todo programador .Net é candidato a criar aplicativos para Windows Phone. Sendo assim, mão de obra abundante significa custo menor e rápida absorção pelo mercado. Depois que os rumores se confirmaram, onde as plataformas Windows Phone e Windows 8 passariam a caminhar cada vez mais próximas, o alcance de um aplicativo passou a ser imenso, integrando plataforma web, desktop, tablets e smartphones.

Uma fase de transformações

É como se pode definir este período, desde o lançamento do Windows Phone Mango (7.5).

O lançamento do Windows 8 e Windows Phone 8 tornou as duas plataformas mais próximas, compartilhando bibliotecas, mudando conceitos internos de desenvolvimentos… Isto sinalizou o que estava por vir: a total integração das plataformas. Melhor ainda, convergir para uma única plataforma é a proposta da Microsoft. Após o lançamento do Windows 8.1 e o tão esperado Windows Phone 8.1, fica claro que a unificação está próxima. Satya Nadella não esconde que esta é a real intenção da Microsoft e que pode completar a transformação no Windows 9, onde será uma única plataforma, unificando as lojas, com aplicativos únicos rodando em tablet, desktop e smartphone. Quem ganha com isso, sem dúvida alguma é o usuário final.

Olhando por outro ângulo

Tudo tem um preço e o custo maior ficou para os desenvolvedores. As mudanças foram constantes e drásticas para que as plataformas se unificassem. Quem aprendeu a programar para Windows Phone 7.5 não parou de se reciclar e parece que isto está longe de parar. Até que toda a plataforma seja realmente única, mudanças significativas acontecem o tempo todo, tornando a vida do desenvolvedor mais difícil. Infelizmente o suporte dado aos desenvolvedores não é mais o mesmo, deixando muito a desejar para quem quer acompanhar as mudanças da plataforma. As aulas na Microsoft Virtual Academy ficaram obsoletas e poucos artigos foram atualizados para conduzir os desenvolvedores através destas mudanças com segurança. A elite de desenvolvimento da Microsoft, os MVP’s, pouco se manifestam, valendo citar o Renato Haddad como um grande colaborador e que ainda posta conteúdos relevantes nesta transição. Mas é muito pouco, perto da proposta inicial da Microsoft.

Espero que os canais sejam atualizados e que o desenvolvedor volte a receber a atenção da empresa, afinal, foi desta maneira que conseguiram tornar o Windows Phone uma plataforma comercialmente viável e competitiva.

Um ano atrás eu postei artigos apostando no Windows Phone, enfatizando sempre os benefícios da plataforma e hoje estamos chegando ao ápice. Espero mesmo que a Microsoft não derrape nesta reta final e que venha a consolidação de todo o trabalho gerado nestes últimos 3 anos.

Anúncios

6 Respostas para “Microsoft aparando as arestas

  1. Olá, desculpe publicar em local não adequado. Mas estou com um problema com meu Windows Phone 8.1 e não encontro solução na net. Preciso da sua ajuda. Meu WP esta indicando que tem 4.4 gigas de sistema. Mais 1.28 gigas de onedrive. Como o celular vem com 7 gigas, vc já imagina o aperto. Coloquei um cartão de 32 gigas. Transferi o máximo possível para la. Mas mesmo assim só tenho 500 megas livre no celular. Como faço para zerar ou diminuir o one drive? Consigo fazer ele usar espaço do cartão? Outra coisa a pasta outros do cartão ja esta em 5 gigas… Ja retirei arquivos temporários, baixei aplicativo para liberar espaço mas o WP parece um canibal, não para de tomar espaço. Me ajude gostei muito do sistema e não gostaria de ter que abandonar por não saber usar. Obrigado

    • Richard, vou tentar ajudar você. Este é um assunto bem polêmico.

      O espaço de armazenamento, até a atualização GDR2 era algo muito difícil de lidar, porém, com a atualização GDR3 estes problemas foram corrigidos. Em tese, os arquivos que ficavam perdidos na pasta “outros” foram categorizados e os arquivos desnecessários foram apagados. Mas eu já presenciei casos que a atualização não conseguiu fazer isso com arquivos antigos e passou a fazer apenas com os arquivos armazenados após a atualização. Neste caso, o master reset resolveria a situação.

      Você pode tentar algumas coisas antes:

      Certifique-se que está com todas atualizações instaladas.

      Pasta “outros”
      Arquivos gerenciáveis que não se enquadram em nenhuma outra categoria. Isso inclui emails e mensagens (inclusive anexos), documentos e mapas baixados.
      Arquivos temporários. Eles incluem arquivos em cache (como histórico do Internet Explorer e carregamentos de fotos e vídeos para o OneDrive) e miniaturas de fotos e álbuns de fotos on-line.
      Tipos de arquivo que o telefone não reconhece. São tipos de arquivo que o Windows Phone não consegue reproduzir ou visualizar. Por exemplo, um arquivo de vídeo .ogv. Se você copiou alguns arquivos do computador para o telefone, conecte o telefone ao computador para excluí-los ou movê-los do telefone.

      Se você excluiu arquivos gerenciáveis como e-mails e mensagens (incluindo anexos grandes), documentos, mapas baixados e arquivos não suportados que você pode ter transferido do computador para o telefone, então o armazenamento de “outros” deverá ser menor. Porém, se ele ainda está ocupando muito espaço, você pode ter se deparado com alguns problemas:
      ◾Aplicativos e jogos baixados. Anterior Windows Phone 8: Atualização 2 (GDR2), ao baixar um aplicativo ou jogo, ou ainda instalar um destes a partir de um cartão SD, uma cópia do arquivo de instalação do aplicativo era armazenada no telefone após baixar, mesmo se o aplicativo tiver sido desinstalado. Essa cópia não era excluída exceto ao optar por restaurar o telefone. Por isso, se você instalou muitos aplicativos e jogos grandes, o armazenamento “outros” pode ter ficado cheio desses arquivos. Instalar a Atualização 2 ou as versões mais recentes resolve o problema e exclui os arquivos previamente armazenados.
      ◾Carregamento automático para o OneDrive. Antes da Atualização 2 (GDR2), ativar o Carregamento automático para o OneDrive nas configurações de Fotos + câmera fazia com que imagens de tamanho total (em vez das imagens temporárias de tamanho menor) fossem armazenadas em alguns dos telefones dos clientes a cada foto tirada. Não era possível excluí-las do telefone sem restaurá-lo. A atualização 2 melhorou isso, de maneira que cada uma dessas imagens armazenadas era menor. Entretanto, essa atualização não excluiu imagens antigas armazenadas. Instalando o Windows Phone 8: A Atualização 3 resolve o problema e exclui as imagens antigas armazenadas.
      ◾Problemas menores. Existem outros problemas menores de armazenamento que também foram resolvidos. Eles normalmente não ocupam tanto espaço, porém ainda podem encher o armazenamento “outros”:
      ◾Fotos do aplicativo de câmera da Nokia. Fotos tiradas pelos clientes do Nokia Lumia usando os aplicativos Nokia Pro Cam e Nokia Smart Cam são contabilizadas em “outros”. Isto inclui fotos de alta resolução tiradas pelo Lumia 1020. É possível excluir estas fotos do telefone no hub Fotos, ou conectar o telefone ao computador para excluí-las ou retirá-las do computador.
      ◾Dados de arquivos com erro de categorização. Antes da Atualização 3, os dados associados a aplicativos instalados eram erroneamente categorizados em “outros” em vez de “aplicativos”. Os dados armazenados em um aplicativo são automaticamente excluídos ao desinstalá-lo.
      ◾Mais. Ao abrir um arquivo .zip no telefone, todos os arquivos contidos nele são baixados e contabilizados no armazenamento “outros”. Introdução ao Windows Phone 8: Atualização 1, se você encaminhar uma mensagem MMS para um destinatário sem primeiramente editar a mensagem, os arquivos de mídia ficam armazenados no telefone por mais de três meses e contabilizados em “outros”. (Depois disso, o telefone exclui esses arquivos automaticamente.)

      Fique atento ao instalar jogos. O instalador ocupa memória interna e DEVE ser apagado após a instalação do jogo. Caso contrário, você manterá o instalador (que é o jogo inteiro compactado) e o jogo instalado (que são todas as pastas expandidas). Isso consome muito espaço interno.

      Se nada disso resolver, então recomendo verificar se está com a última atualização do WP, fazer o backup dos arquivos na nuvem, resetar o aparelho, restaurar o backup e verificar se melhorou. Se não tiver nada tão importante, não restaure o backup e passe a utilizar o WP normalmente. Esteja sempre atento a anexos de email, arquivos zip e instalações de jogos. Arquivos não reconhecidos pelo WP também vão ocupar espaço e ficarão eternamente na pasta “outros”, tendo que ser removidos manualmente conectado ao PC.

      Espero ter ajudado você e outros colegas com as mesmas dificuldades.

      Abraço!

  2. boa noite andrey
    comprei um microsoft xl 640.
    quando eu tiro uma foto ela fica salva no album de fotos.
    quando eu tento abrir esta foto pelo album de fotos, pasmem a foto sumiu.
    pensa fazer uma viagem tirar inumeras fotos e quando chegar em casa a foto sumiu.
    o que acontece é q a foto some, e fica um quadradinho cinza e a aprece a mensagem ” nao é possivel tirar a foto. Tente novamente mais tarde”
    vc sabe que erro é este? o que faço pra corrigir.?
    por favor me ajuda.
    aguardo respostas

    • Ricardo, desculpe pela demora em responder, mas estou enrolado com palestras, congresso e minhas turmas em prova. Vamos lá…
      No seu caso fica evidente que é um erro no sistema de armazenamento de imagens local. Antes de procurar uma assistência técnica, recomendo que faça um backup dos seus dados e restaure o seu Lumia para o estado original de fábrica. Erros desta natureza, normalmente são corrigidos desta maneira porque ele refaz toda estrutura de dados e atualiza o sistema. Antes de restaurar, verifique se todas as atualizações foram instaladas e, depois, restaure o Lumia para o padrão, já com todas atualizações instaladas.
      Caso nada disso funcione, recomendo que procure uma assistência técnica. Se estiver em SP, recomendo a Help, localizada na Zona Leste que é a melhor assistência técnica Nokia / Microsoft. Eu mesmo já utilizei e em 2 dias meu Lumia voltou perfeito.
      Abraço e boa sorte!

  3. ola Andrey.
    obrigado pela resposta .
    na quarta feira a noite 23/09 eu fiz um procedimento que estava no.
    no site da microsoft sugeria usar o Windows Phone Recovery Tool
    acho q este programa Windows Phone Recovery Tool faz a restauração original de fabrica, é isto ? pergunto prq nao entendo muito disto.
    bom, foi este procedimento que eu fiz, agora estou testando, tirando fotos e baixando no computador pra ver se o erro foi corrigido, estou fazendo vários testes ( estou com medo de ir viajar, tirar fotos com ele e quando retornar pra casa as fotos terem sumido )

    unico detalhe, quando vc fala em primeiro atualizar o sistema, isto eu nao fiz, será q terei que primeiro atualizar o sistema para depois voltar a fazer a restauraçao original de fabrica?

    aguardo suas respostas para minhas duvidas..abraço

    • Sim, o Recovery faz exatamente este processo de uma forma mais “drástica”, quando o smartphone para de funcionar, por exemplo. Mas é uma ferramenta oficial e segura. Quanto às atualizações, é saudável sempre verificar se existe alguma pendente. Você mesmo pode fazer isso, apesar de ser um processo automático. Eu sempre verifico para desencargo de consciência. Veja em Configurações / atualização do telefone / verificar atualizações. Esteja em uma rede WiFi para que seja rápido. Qualquer dúvida, me procure. Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s